… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

sábado, 31 de dezembro de 2016

31 de dezembro



C. H. Spurgeon
Livro de Cheques do Banco da Fé
 31 de dezembro
 “Guiar-me-ás com o Teu conselho, e depois me receberás na glória.” (Sl 73:24, ARC, Pt)


De dia em dia e de ano em ano a minha fé crê na sabedoria e no amor de Deus, e eu sei que não terei acreditado em vão. Nenhuma das Suas boas palavras tem falhado, e eu estou certo de que nenhuma delas cairá por terra sem cumprimento.



Ponho-me nas Suas mãos para que me guie. Não sei o caminho que devo escolher: o Senhor terá de escolher por mim a minha herança. Necessito de conselho e guia; os meus deveres são intrincados e a minha condição é comprometida... Consulto ao Senhor da mesma maneira como antigamente o Sumo Sacerdote consultava o seu Urim e o seu Tumim ... Busco o infalível conselho de Deus de preferência meu próprio juízo ou ao conselho dos amigos. Glorioso Jeová, Tu tens de me guiar!



Logo virá o fim: uns quantos anos mais e terei de partir deste mundo para ir ao Pai. O meu Senhor estará perto da minha cama. Ele receber-me-á à portas do Céu: Ele dar-me-á as boas-vindas à Terra da Glória. Não serei um estranho no Céu: o meu próprio Deus e Pai receber-me-á na eterna bem-aventurança do céu.



GLÓRIA SEJA DADA A ELE,

QUE ME GUIARÁ AQUI,

E ME RECEBERÁ ALI. ÁMEN.


Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: