… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

3 de janeiro

Aos Pés Do Mestre
(At the Master’s feet),
Compilado por Audie G. Lewis
das obras de
C. H. Spurgeon

3 de janeiro – SACERDOTES DO ALTÍSSIMO

“Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz.” (1Pe 2:9, ARC, Pt)

Alguém como Jesus em alguém como eu! O Rei da Glória no seio de um pecador! Isto é um milagre da graça, mas o estilo dele é bastante simples. Uma fé humilde, que se arrepende, abre a porta e Jesus entra imediatamente no coração. O amor fecha a porta com a mão da penitência, e a santa vigilância impede a entrada aos intrusos. E assim se cumpre a promessa: “Se alguém ouvir a Minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele Comigo.” (Ap 3:20 ARC, Pt). A meditação, a contemplação, a oração, o louvor e a obediência diária mantêm a casa em ordem para o Senhor; e, em seguida, segue-se a consagração de toda a nossa natureza para o Seu uso como um templo, a dedicação do espírito, da alma, e do corpo, e de todos os seus poderes, como vasos sagrados do santuário. É como escrever “santidade ao Senhor” em tudo o que nos rodeia, até que as nossas roupas de todos os dias se convertam em vestimentas, as nossas refeições em sacramentos, a nossa vida um ministério, e nós mesmos em sacerdotes do Altíssimo. Oh, a suprema condescendência deste morar dentro de nós! Ele nunca morou num anjo, mas Ele reside num espírito contrito. Há um mundo de significado nas palavras do Redentor: “Eu neles.” Que as conheçamos como Paulo as traduz: “Cristo em vós, esperança da glória.”



A Bíblia, do princípio ao fim, num ano: Mt 5 - 6

Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: