… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

30 de janeiro de 1876 . Um grupo de cerca de 40 estudantes japoneses da cidade de Kumamoto assina o Pacto Cristão



 30 de janeiro de 1876  Um grupo de cerca de 40 estudantes japoneses da cidade de Kumamoto assina o Pacto Cristão
 Castelo de Kumamoto, Japão

Neste dia, de 30 de janeiro de 1876, um grupo de cerca de 40 estudantes japoneses da cidade de Kumamoto assinou o Pacto Cristão, um compromisso de seguir a Cristo mesmo que essa decisão pudesse significar a morte.



Cerca de cinco anos antes, um norte americano chamado Capitão Janes fora enviado ao Japão para ensinar Inglês numa escola governamental. O governo japonês naquele tempo opunha-se fortemente a que os seus jovens súbditos seguissem a “religião do diabo” que tantos norte americanos seguiam, por isso o governo japonês proíbe absoluta e expressamente o Capitão Janes de falar sobre Cristo ou sobre o Cristianismo na sua sala de aula. Janes, como era um bom funcionário Cristão obedece. Em vez disso, convidava todos os seus alunos para irem a sua casa e na sala, corajosamente, pregava-lhes a Verdade pela noite dentro noite. “O Japão precisa de grandes líderes religiosos. Este país precisa do Senhor Jesus Cristo para fazê-lo realmente poderoso.”


Os jovens estudantes de Janes gostavam destas ousadas pregações noturnas do Evangelho! Muitos deles se converteram a Cristo e apanharam o zelo para servi-Lo. As reuniões de evangelização muitas vezes prolongavam-se até ao amanhecer. Os professores da escola começaram a ficar zangados porque os alunos estavam tão ocupados a estudar a Bíblia que se esqueciam de estudar os seus próprios livros curriculares. Os jovens crentes que saíam às ruas da sua cidade, pregavam e cantavam hinos Cristãos. As ameaças e a oposição só os torvam mais fortes.


Tudo veio à luz quando a polícia deu oficialmente ultimatos aos estudantes Cristãos. Ou eles rejeitavam esta louca religião ou seriam punidos. Os alunos convertidos ao Senhor tiveram de fazer uma escolha. O que é que eles fazem? No início da manhã, no dia do ultimato, que era o último domingo de janeiro de 1876, os 40 jovens Cristãos sobem ao cume da colina fora da cidade com Capitão Janes. No cume da colina, formaram um círculo e, um a um, fazem um voto solene de pregar o Evangelho, mesmo a custo das suas vidas. Depois de joelhos, os jovens crentes, oram e depois redigem numa folha de papel o juramento que selaram e assinaram com os seus nomes. Eles escolheram Cristo!


Esses jovens Cristãos viriam a transformar o seu país. Alguns cederam à pressão e afastaram-se da sua promessa. E quase todos eles tiveram que fugir da sua cidade. Mas onde quer que fossem, eles corajosamente estavam com o seu povo e ensinava-o acerca do seu grande Rei, o Senhor Jesus Cristo, o nosso bendito Salvador! Eles hoje são conhecidos como o “Grupo de Kumamoto” e tornaram-se importantes líderes nas igrejas japonesas.

****

Fontes Utilizadas:
Vários “Sítios” e enciclopédias na Internet e ainda algumas obras em papel.
Respigado daqui e dali.

Carlos António da Rocha

Este texto é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está escrito com o Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicado nem utilizado para fins comerciais; seja utilizado exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: