… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

domingo, 5 de fevereiro de 2017

5 de fevereiro de 1837 • D. L. Moody, enorme evangelista norte-americano



5 de fevereiro de 1837 D. L. Moody, 
enorme evangelista norte-americano

O pai de Dwight Moody era um alcoólico e morreu aos 41 anos. Dwight tinha somente quatro anos e era o elemento mais novo da sua família.



Moody mudou-se para Boston em busca de trabalho. Trabalhou com um tio numa sapataria. Uma das exigências do seu tio era que Moody frequentasse uma Igreja; entrou para a Igreja Congregacional. Ele de facto frequentava-a, mas não estabeleceu um relacionamento pessoal com Deus até que um dia, um professor da escola dominical lhe falou sobre o quanto Deus o amava. Moody converteu-se então ao cristianismo. Com a sua conversão iniciou a sua carreira como evangelista.



O seu profícuo trabalho conduziu a que sua escola dominical em Chicago viesse a ser a maior da época. Moody trabalhou tão arduamente que no decorrer de um ano a frequência média na sua escola era de 650 pessoas, enquanto sessenta voluntários de várias igrejas trabalhavam como professores. A escola chegou a ser tão conhecida que o recém eleito presidente Lincoln visitou-a e até falou numa das reuniões da escola em 25 de novembro de 1860.



Depois do começo da Guerra Civil, uniu-se à Comissão Cristã Americana (YMCA). Em Chicago, Moody trabalhou para começar uma escola dominical para crianças nas zonas mais pobres da cidade. Logo estavam mais de 1000 crianças além de seus pais frequentando semanalmente a sua escola dominical. Em 1862, o presidente americano Abraham Lincoln revisitou a escola. A congregação cada vez maior necessitava de um lugar permanente, assim Moody começou uma igreja em Chicago, a Illinois Street Church. Quando a igreja se queimou no Grande Incêndio de Chicago, foi reconstruída após três meses numa localidade próxima, sob o nome de Chicago Avenue Church.



Numa viagem à Inglaterra, Moody tornou-se muito conhecido como evangelista, a ponto de ter sido chamado o maior evangelista cristão do século XIX. A sua pregação teve um impacto tão grande como as de George Whitefield e de John Wesley na Grã-Bretanha, na Escócia e na Irlanda. Foi contemporâneo do pregador Charles Haddon Spurgeon, chegando mesmo a pregar, nessa ocasião da sua viagem, no Tabernáculo Metropolitano de Londres, em 1873. Em várias ocasiões encheu estádios com capacidade entre as duas mil e as quatro mil pessoas. Numa reunião no Botanic Gardens Palace juntaram-se entre 15 000 a 30 000 seguidores. Esta afluência de ouvintes continuou em 1874 e 1875, com multidões em todas as reuniões. Quando voltou aos Estados Unidos da América, as multidões de 12 000 a 20 000 eram muito comuns todos os serviços religiosos. As suas reuniões evangelísticas realizaram-se por todo o território dos Estados Unidos da América, de Boston a Nova York, passando por Nova Inglaterra e outros muitos estados da costa oeste, como Vancouver e San Diego.



Entre 1884 e 1891, Moody mostrou-se ativo em campanhas evangelísticas nos E. U. A. e no Canadá. Estabeleceu o Instituto Bíblico de Chicago que mais tarde mudou o nome para Instituto Bíblico Moody que tem servido de grande referência aos evangélicos e tem preparado pregadores, missionários e líderes que têm trabalhado em todos os continentes do mundo.



A sua pregação era caracterizada por aqueles que o ouviam, como direta, sincera, franca, sem enfeites, não-gramatical, sempre simples mas enormemente sincera e convincente. Moody era homem simples e honesto no tocante ao dinheiro, como em tudo o mais. Não aceitava lucros e todos os proventos das vendas do hinário da sua autoria e de Ira D. Sankey eram administrados por uma junta de encarregados, e eram destinados ao sustento das escolas de Northfield. Quando morreu, Moody era tão pobre como sempre tinha sido. Ele declarou: “A minha esposa e os meus filhos simplesmente terão de confiar no mesmo Deus em que eu tenho confiado.”



Pregou o seu último sermão em 16 de novembro de 1899 e partiu para a Mansão Celestial em 22 de dezembro de 1899. R. A. Torrey foi o sucessor de Moody como presidente do Moody Bible Institute. Dez anos depois da sua morte, a Chicago Avenue Church foi renomeada como Igreja Moody em sua homenagem.



Dwight Lyman Moody nasceu neste dia, 5 de fevereiro de 1837. Também conhecido como D. L. Moody, foi um evangelista e editor americano que fundou a Igreja Moody, a Escola Northfield, a Escola Mount Hermon em Massachusetts (agora chamada Escola Northfield Mount Hermon), o Instituto Bíblico Moody e a Moody Press.


 ****

Fontes Utilizadas:
Vários “Sítios” e enciclopédias na Internet e ainda algumas obras em papel.
Respigado daqui e dali.

Carlos António da Rocha

Este texto é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está escrito com o Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicado nem utilizado para fins comerciais; seja utilizado exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: