… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

18 de agosto



C. H. Spurgeon
“Livro De Cheques Do Banco Da Fé”

18 de agosto

“Se o buscares, será achado de ti[1]” (1Cr 28:9, ARC, Pt)

Necessitamos do nosso Deus, e Ele pode ser encontrado se O buscamos; Ele não se ocultará a nenhum de nós se procurarmos pessoalmente o Seu rosto. Não é, se O mereceremos, ou se comprarmos o Seu favor, mas simplesmente se “O buscaremos”. Os que já conhecem o Senhor devem continuar buscando o Seu rosto por meio da oração, do serviço diligente, e da santa gratidão: a esses Ele não recusará o Seu favor nem a Sua comunhão. Aqueles que ainda não O conheceram, para descanso das suas almas, devem começar imediatamente a buscá-Lo, e não devem cessar de fazê-lo até que O encontrem como seu Salvador, seu Amigo, seu Pai, e seu Deus.

Quão grande garantia oferece esta promessa ao que O buscam! “O que busca, acha.” Tu, sim, tu, se buscas o teu Deus, encontrá-Lo-ás. Quando O encontrares, terás encontrado vida, perdão, santificação, preservação, e glória. Não quererás procurar, e continuar procurando, posto que não procuraria em vão?

Querido amigo, procura o Senhor imediatamente. Este é o lugar, e agora é o momento. Dobra esse joelho; sim, inclina essa cerviz ainda mais rebelde, e clama a Deus, ao Deus vivo. No nome do Jesus, busca a purificação e a justificação. Não serás rechaçado. Aqui temos o testemunho de David ao seu filho Salomão, e é também o testemunho pessoal deste escritor ao leitor. Acredita-o, e atua de conformidade, por Cristo nosso Senhor.




[1] Outras versões dizem «por ti».

 Tradução de Carlos António da Rocha

*** 

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizado exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: