… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

29 de setembro

Oswald Chambers 
My Utmost for His Highest
29 de setembro A consciência da chamada 

“Pois me é imposta essa obrigação; e, ai de mim se não anunciar o evangelho!” (1Co 9:16, ARC, Pt)

Sentimo-nos inclinados a esquecer o toque profundamente espiritual e sobrenatural de Deus. Se tu és capaz de dizer exatamente onde tu estavas quando recebeste a chamada de Deus e se podes explicar tudo acerca disso, eu contesto se tu tens sido chamado verdadeiramente. A chamada de Deus não vem assim, é muito mais sobrenatural. A compreensão da chamada na vida de uma pessoa pode vir como um trovão ou pode começar a manifestar-se gradualmente. Porém, seja como for, rapidamente ou lentamente essa consciência vem, então ela é sempre acompanhada de uma corrente sobrenatural— algo que é inexprimível e que produz um “calor (interior).” Dum momento para o outro a consciência súbita desta chamada incalculável, sobrenatural, surpreendente, que tomou conta da tua vida pode irromper— “Eu vos escolhi a vós...” (Jo 15:16). A chamada de Deus não tem nada a ver com a salvação e a santificação. Tu não és chamado para pregar o evangelho porque és santificado; a chamada para pregar o evangelho é infinitamente diferente. Paulo descreve-a como uma compulsão que foi colocada sobre dele.

Se tu tens desprezado e, assim, eliminado, a grande chamada sobrenatural de Deus na tua vida, faz um novo exame das tuas circunstâncias. Vê onde tens aplicado as tuas próprias ideias de serviço ou as tuas capacidades naturais à frente da chamada de Deus. Paulo disse: “… Ai de mim se não anunciar o evangelho!” Ele tinha-se tornado sabedor da chamada de Deus, e a sua compulsão para “anunciar o evangelho” era tão forte que já nada mais podia, por mais tempo, rivalizar com essa força.

Se um homem ou mulher é chamado por Deus, não importa quão difíceis sejam as circunstâncias. Deus orquestra todas as forças na obra para cumprir, no fim, o Seu propósito. Se tu concordas com o propósito de Deus, Ele guiará em perfeita harmonia não só a área da tua vida consciente, mas também todas as áreas mais profundas da tua vida, que tu mesmo não podes alcançar.


Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: