… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

terça-feira, 11 de outubro de 2016

11 de outubro



Aos Pés Do Mestre
(At the Master’s feet),
Compilado por Audie G. Lewis
das obras 
de
C. H. Spurgeon

11 de outubro – INCLUSIVE UNS POUCOS
“Disse, pois, Jónatas ao moço que lhe levava as armas: Vem, passemos à guarnição destes incircuncisos; porventura obrará o Senhor por nós, porque para com o Senhor nenhum impedimento há de livrar com muitos ou com poucos.” (1Sm 14:6, ARC, Pt)

Geralmente, quando Deus tem o propósito de abençoar uma igreja, começa desta forma: duas ou três pessoas nela estão preocupadas com a situação atual e até se angustiam com isso. Quiçá não se comuniquem entre si nem sabem da sua dor comum, mas começam a orar com um desejo fervente e uma insistência incansável. Motiva-os a paixão de um avivamento na igreja. Pensam nisto quando vão dormir, sonham com isso, meditam nisto quando vão andando pela rua. Só esta coisa os consome. Preocupam-se e angustiam-se com almas que se estão perdendo, sofrem dores de parto pelas almas. Quando nasce o sol, as cumeeiras das montanhas são as primeiras a receber a sua luz, e aqueles que vivem sempre perto de Deus serão os primeiros a sentir a influência da frescura que dEle virá. Se o Senhor me desse uma dúzia de homens de oração perseverantes, apaixonados pelas almas, pela Sua graça sacudiríamos Londres da ponta ao cabo. O trabalho continuaria sem a maioria de vocês, cristãos, quiçá alguns só estorvam a marcha do exército. Mas dêem-me doze homens que sejam como o leão e como o cordeiro, que sintam um fervente amor por Cristo e pelas almas, e nada será impossível para a sua fé.

A Bíblia, do princípio ao fim, num ano: 2Pe 1-3


Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: