… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

14 de dezembro


C. H. Spurgeon

Livro de Cheques do Banco da Fé
14 de dezembro

“E o que estava assentado sobre o trono disse: Eis que faço novas todas as coisas.” (Ap 21:5, ARC, Pt)

Glória seja dada ao Seu Nome! Todas as coisas necessitam ser renovadas, porque estão tristemente danificadas e gastas pelo pecado. Já é tempo de que o vestido velho seja enrolado e posto à parte, e que a Criação se vista do seu traje domingueiro. Contudo, além do Senhor que as fez no princípio, nenhum outro pode tornar novas todas as coisas, porquanto é necessário tanto poder para fazer alguma coisa boa do que é mau, como para do nada criar algo. O Senhor Jesus empreendeu a obra, e Ele é perfeitamente competente para executá-la. Ele já começou a Sua obra, e através dos séculos, Ele tem perseverado em fazer novos os corações das pessoas e em pôr ordem na sociedade. Depois, fará nova toda a constituição do governo humano, e a natureza humana será transformada por Sua graça; e virá o dia em que o corpo será transformado e conformado à semelhança do Seu corpo glorioso.



Que alegria pertencer a um reino, no qual tudo se está fazendo novo pelo poder do Seu Rei! Não estamos morrendo, mas avançando para uma vida mais gloriosa. Apesar da oposição dos poderes do mal, o nosso glorioso Senhor Jesus Cristo está realizando o Seu propósito, e fazendo-nos a nós e a todas as coisas que nos rodeiam “novos”, e tão cheios de perfeição como quando saíram ao princípio da mão do Senhor.

Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: