… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

6 de dezembro



Aos Pés Do Mestre
(At the Master’s feet),
Compilado por Audie G. Lewis
das obras de
C. H. Spurgeon

6 de dezembro - APRENDER DE DEUS

“O fruto do justo é árvore de vida, e o que ganha almas sábio é.” (Pv 11:30, ARC, Pt)

Se eu desejar a salvação de alguém, devo dizer-lhe como melhor possa qual é sua condição, qual é o caminho da salvação e como pode encontrar descanso. Todos os homens são acessíveis num determinado momento ou de alguma maneira. É muito imprudente abalançar-se sobre as pessoas assim que nos encontramos com elas, sem pensar na prudência ordinária porque pode ser que causes desgosto naqueles a quem queres ganhar. Mas aqueles que com afinco suplicam por outros e se movem para buscá-los, no geral aprenderam de Deus, e, portanto, são sábios quanto ao tempo, à forma e ao tema. Um homem que deseja caçar aves, depois de um tempo converte-se num perito deste desporto porque lhe dedica tempo. Assim também aquele que deseja ganhar almas e lhe dedica o seu coração, encontra-lhe as manhas de alguma maneira e o Senhor lhe dá o êxito. Eu não te poderia ensinar isso, tu tens de o praticar para que o descubras. Mas dir-te-ei isto: nenhum homem está limpo do sangue do seu semelhante simplesmente por ter orado que assim seja.

Escutei de alguém em Nova Iorque que orou por várias famílias muito pobres que tinha visitado. Seu filho pequeno disse: “Pai, se eu fosse Deus, dir-te-ia que respondesses tu à tua própria oração porque tu tens dinheiro suficiente”. Assim mesmo também nos poderia dizer o Senhor quando havemos estado intercedendo: “Vai e responde à tua própria oração falando com os teus amigos de meu Filho”. Há poder nos teus dons, há poder no teu falar, usa estes poderes. Vai e ensina o bom e o correto e as tuas orações serão escutadas.



A Bíblia, do princípio ao fim, num ano: Ez 45-48

Tradução de Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: