… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

sábado, 14 de janeiro de 2017

14 de janeiro de 1894 • As sete regras diárias do Dr. Jonathan Goforth



14 de janeiro de 1894 As sete regras diárias do

Dr. Jonathan Goforth

Neste dia, 14 de janeiro de 1894, o Dr. Jonathan Goforth, o grande missionário que tanto trabalhou em prol do Evangelho no Estremo Oriente, escreveu estas sete regras para a sua vida diária, na folha em branco, no início da sua Bíblia:
1. Procure dar muito e não esperar nada.
2. Faça o seu melhor para ajudar os outros, pois aquele que ama tem cumprido toda a lei de Cristo.
3. Nunca deixe passar um dia, sem que pelo menos, gaste um quarto de uma hora no estudo da Bíblia Sagrada.
4. Nunca permita que passe uma manhã ou uma noite sequer, sem que você se apresente a Deus em oração e adoração.
5. Em todas as coisas procure conhecer a vontade de Deus e, quando a conhecer, obedeça, custe o que custar.
6. Procure cultivar um espírito de oração e meditação silenciosa.
7. Busque a cada dia fazer ou dizer algo que promova o nome de Jesus entre os que não crêem.

O Dr. Goforth pôs em prática estas regras na sua vida. O seu amor pela Bíblia é bem conhecido. A sua Bíblia estava sempre à mão e ele aproveitava cada oportunidade para a ler e para a pôr em prática. Mesmo depois dele cegar, uma leitora chinesa lia-lhe, pelo menos, doze capítulos por dia. A sua lealdade para com a Bíblia como a Palavra de Deus, e a sua defesa dos fundamentos da Fé destacaram-se durante toda a sua carreira cristã.

Ele era um homem de oração que através da oração e do estudo da Bíblia buscava conhecer a vontade de Deus. Foi esse amor pela leitura da Bíblia e da sua comunhão com Deus que lhe dava o poder de comover os perdidos pecadores a uma convicção de pecado e arrependimento. Em todos os momentos ele colocou o seu "eu" em segundo plano e baseava-se inteiramente no poder do Espírito Santo para levar adiante as coisas de Jesus e revelá-los aos seus ouvintes. “Não por força, nem por violência, mas pelo meu Espírito” “Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judeia e Samaria, e até aos confins da terra.” (Esse era o seu grito de guerra). Embora a pregação do Dr. Goforth contivesse uma denúncia contra todo o tipo de pecado e que em nenhum caso tolerasse ou se comprometesse com o pecado, sempre foi muito sensível no trato com os pecadores-

Jonathan Goforth (10 de fevereiro de 1859 – 8 de outubro de 1936) foi o primeiro missionário canadiano, membro da Igreja Presbiteriana no Canadá, enviado à China pela Missão Presbiteriana Canadiana, com a sua esposa, Rosalind Goforth. Jonathan Goforth foi o missionário mais notável no começo do século XX na China.


****

Fontes Utilizadas:
Vários “Sítios” e enciclopédias na Internet e ainda algumas obras em papel.
Respigado daqui e dali.

Carlos António da Rocha

Este texto é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está escrito com o Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicado nem utilizado para fins comerciais; seja utilizado exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: