… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

quinta-feira, 23 de março de 2017

23 de março de 1746 • Despertar espiritual em Crossweeksung


23 de março de 1746 Despertar espiritual em Crossweeksung

Brainerd pregando ar livre aos índios

David Brainerd aos vinte e nove anos já tinha sido missionário entre os índios durante quatro anos. Depois, mudou-se e foi missionar para os índios de Crossweeksung, em New Jersey.




Foi então quando registou assim no seu diário os eventos ocorridos neste dia, 23 de março de 1746:



“Dia do Senhor, 23 de março. Estiveram entre nós cerca de quinze desconhecidos, todos pessoas adultas, das quais algumas nunca tinham estado antes em qualquer reunião religiosa até agora. Por isso, pensei que era apropriado discorrer neste dia de uma maneira peculiarmente adaptada às circuns­tâncias e ao conhecimento deles. Assim, procurei explicar-lhes o trecho de Oséias 13.9: “A tua ruína, ó Israel, vem de ti, e só de mim o teu socorro''. Pela manhã esclareci o melhor que pude a apostasia e estado arruinado do ser humano, após ter falado sobre algumas coisas referentes à pessoa e às perfeições de Deus, como Ele criou o homem em estado de rectidão e felicidade. À tarde, esforcei-me por explicar a gloriosa provisão feita pelo Senhor para a redenção de criaturas apóstatas, ao dar o Seu próprio Filho amado para sofrer e satisfazer a justiça divina em favor delas.



“Perto do ocaso, senti uma preocupação desacostumada na minha mente, especialmente pelos pobres forasteiros, , porquanto Deus muito havia contido a Sua presença e a poderosa influência de Seu Espírito na reunião desse dia. Isso os privou de que tivessem aquele grau de convicção que eu esperava ver. Assim preocupado, visitei várias casas, e expliquei o evangelho, com alguma apreensão e intensidade, a várias pessoas em particular. Ao que parece, porém, sem grande sucesso, até que cheguei em uma casa onde estavam hospedados vários dos recém-chegados. Ali, finalmente, as solenes verdades que eu havia pregado, pareceram produzir efeito, primeiramente em algumas crianças, e em seguida em vários adultos, que tinham sido de alguma forma despertados anteriormente; e, finalmente, em diversos dos visitantes pagãos.



Dei continuidade ao meu discurso, de modo fervoroso, até que quase todos na casa estavam banhados em lágrimas, enquanto os mergulhadores choravam em alta voz e pareciam estar ansiosos por seu interesse em Cristo. Diante disso, um bom número de pessoas de outras casas se achegaram; e tão grande ficou a multidão que fomos forçados a continuar a reunião no local onde usualmente nos reunimos em adoração pública. A congregação reuniu-se imediatamente, e muitos pareciam estar profundamente afectados, quando então pude pregar por algum tempo usando o trecho de Lucas 19.10. “Porque o Filho do homem veio buscar e salvar o que se havia perdido.”



Procurei destacar a misericórdia, a compaixão e o amor de Cristo pelos pecadores perdidos, impotentes e condenados. Houve muita comoção e emoção visíveis entre os presentes, e não duvido que o poder de Deus tenha atingido os corações de muitos, através do sermão. Havia cinco ou seis dos estrangeiros, homens e mulheres, que pareciam estar grandemente despertados. Destaco, em particular entre eles, um jovem muito forte, a quem aparentemente nada o poderia comover, mas que agora tremia como o carcereiro de Filipos … banhado em lágrimas... e soluçando e chorando durante muito tempo.”



David Brainerd morreu de tuberculose exatamente um ano e meio depois. Foi direito ao Céu, aonde, mais tarde, daria as boas-vindas a todos os índios que tinha guiado a Cristo.



Um despertar espiritual começou entre os indígenas, porque Brainerd sentiu a direção de Deus e foi visitar os seus lares à tarde depois do serviço de adoração. Alguma vez há sentido que Ele o está guiando para que faça algo? Seguiu a Sua direção? Talvez não tenha experimentado resultados milagrosos como Brainerd, mas se seguir a guia de Deus, terá a satisfação de Lhe ser fiel.



“Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus.” (Rm 8:14, ARC, Pt).


****

Fontes Utilizadas:
Vários “Sítios” e enciclopédias na Internet e ainda algumas obras em papel.
Respigado daqui e dali.

Carlos António da Rocha

Este texto é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está escrito com o Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicado nem utilizado para fins comerciais; seja utilizado exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: