… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

“Disse o Senhor ao meu Senhor: Assenta-te à minha direita, até que eu ponha os teus inimigos debaixo dos teus pés.” (Sl 110:1)


“Disse o Senhor ao meu Senhor: Assenta-te à minha direita, até que eu ponha os teus inimigos debaixo dos teus pés.” (Sl 110:1)


     Cristo está assentado nos Céus, esperando até que todos os Seus inimigos estejam debaixo de Seus pés. Este é o seu ofício propriamente dito. Ele não dorme, mas vigia por nós. Ele também não quer nenhum substituto, pois Ele mesmo quer incumbir-Se desta tarefa. Quando alguém se dirige a Ele, Ele quer estar ali, pronto para ajudar. Se alguém está com algum problema, que se dirija a Cristo e receberá ajuda. O dia do juízo final ainda não chegou e os inimigos, a carne, o pecado, a morte, ainda permanecem. Mas, no dia derradeiro, Cristo entregará o reino ao Pai. Agora, Ele governa os cristãos dentro dos seus corações, consola-os na aflição, purifica-os e intercede por eles. No dia derradeiro, todos os Seus cristãos reinarão com Ele, assentados à direita de Deus. Só então, o último e real inimigo será esganado.

     Aqui, na Terra, ainda encontraremos fé vacilante, ansiedade pelo sustento e desespero sempre que Deus parece estar distante. Qual é o nosso consolo neste mundo? Cristo, nosso sacerdote, que morreu por nós e cuida de nós, vê que os nossos inimigos nos querem destruir. Por isso, Ele afasta-os e clama ao Pai que Se coloque do nosso lado. Quando a consciência percebe isto temos acesso garantido ao Pai em toda e qualquer angústia. O que nos falta são olhos suficientemente fortes para podermos olhar através das nuvens, para dentro dos Céus, e ter a certeza de que Cristo é nosso advogado.
 Martinho Lutero
In Meditações de Lutero, Castelo Forte - 1983

Sem comentários: