… Mas o melhor de tudo é crer em Cristo! Luís Vaz de Camões (c. 1524 — 1580)

domingo, 30 de abril de 2017

E... o nevoeiro levantou-se...


E...

O Nevoeiro Levantou-Se ...
Episódio passado com George Müller

George Müller estava num navio no Atlântico Norte, em direção a Bristol. Caiu um nevoeiro cerrado e repentino. O capitão do navio que posteriormente contou a história estivera na ponte de comando com o timoneiro durante três dias, guiando lentamente a embarcação. Deste modo, não havia a menor possibilidade de chegarem ao destino no sábado, onde Müller tinha um compromisso. Então George aproximou-se do capitão e convidou-o para orarem juntos.

O capitão seguiu Müller para o porão do navio, e eles ajoelharam-se. Müller proferiu uma simples oração: “Querido Jesus, Tu sabes a respeito do encontro que marcaste para mim em Bristol no próximo sábado, assim, por favor, afasta o nevoeiro. Ámen.”

O capitão estava tentando manufaturar algum tipo de oração, mas Müller deteve-o.

“Em primeiro lugar, o senhor não crê que Deus possa fazer isto”, disse ele, “e em segundo lugar, creio que Ele já o fez. Se o senhor retornar à ponte de comando, perceberá que o nevoeiro já se levantou.”

O capitão saiu lá fora e descobriu que o nevoeiro tinha realmente desaparecido e eles puderam chegar ainda no sábado a Bristol.

George Müller (alemão - nascido como: Johann Georg Ferdinand Müller) (27 de setembro de 1805 - 10 março de 1898).

Carlos António da Rocha

****

Esta tradução é de livre utilização, desde que a sua ortografia seja respeitada na íntegra porque já está traduzida no Português do Novo Acordo Ortográfico e que não seja nunca publicada nem utilizada para fins comerciais; seja utilizada exclusivamente para uso e desfruto pessoal.

Sem comentários: